Connect with us

Mercado da bola

Santos oferece Soteldo ao Corinthians, mas negociação pode ser complicada

Publicado

em

Santos oferece Soteldo ao Corinthians, mas negociação pode ser complicada

Santos oferece Soteldo ao Corinthians, mas negociação pode ser complicada. O Santos ofereceu o atacante Soteldo ao Corinthians, mas a negociação pode ser complicada. As duas diretorias mantêm bom relacionamento, mas o Timão sabe que o desenrolar do desfecho talvez não seja simples.

Segundo a Rádio Itatiaia, a transação sem custos seria uma tentativa do próprio estafe do atacante venezuelano. Soteldo, aliás, tem uma avaliação bastante positiva no departamento de futebol do Corinthians.

O jogador retornou ao Santos para a sua segunda passagem em agosto de 2022. Inicialmente, a equipe do litoral de São Paulo conseguiu um empréstimo junto ao Tigres, do México. Posteriormente, em junho deste ano, o Alvinegro Praiano desembolsou próximo aos R$ 20 milhões para contratá-lo em definitivo e adquirir 50% dos seus direitos.

A segunda passagem de Soteldo pelo Santos foi inferior, em comparação à anterior. Afinal, em 39 partidas, ele marcou apenas um gol e deu nove assistências. Na atual temporada, o seu desempenho individual abaixo além do coletivo da equipe promoveu o inédito rebaixamento do Peixe para a Segunda Divisão.

Em seu primeiro momento no Alvinegro Praiano, o atacante venezuelano atuou por pouco mais de dois anos em 105 jogos, com 20 gols e 17 assistências.

Além disso, sob o comando do técnico Jorge Sampaoli foi vice-campeão brasileiro em 2019, quando viveu seu melhor momento pelo Santos.

Ainda não há nada certo sobre a negociação, mas o Corinthians está interessado em contar com Soteldo. O atacante venezuelano pode ser uma boa opção para o ataque do Timão, mas a diretoria sabe que a negociação pode ser complicada.

Leia também: Flamengo deve levar jogos do Carioca para Belém e Manaus

 

Destaque

Cássio reitera fim de ciclo no Corinthians e destaca ambição por títulos no Cruzeiro

Publicado

em

Por

Cássio reitera fim de ciclo no Corinthians e destaca ambição por títulos no Cruzeiro

Belo Horizonte, 21 de junho de 2024 – Cássio reitera fim de ciclo no Corinthians e destaca ambição por títulos no Cruzeiro. Em sua apresentação oficial como novo reforço do Cruzeiro, o goleiro Cássio abordou a sua saída do Corinthians e as expectativas para a nova etapa na carreira. O experiente jogador ressaltou que o seu ciclo no Timão havia se encerrado e que a decisão de buscar novos desafios foi tomada em conjunto com pessoas de sua confiança.

“Honestamente, não imaginava ficar 12 anos no Corinthians. Sempre vivi ano a ano, e às vezes as coisas fogem do nosso controle. A decisão de encerrar meu ciclo no Corinthians não foi apenas minha. Conversei com pessoas que admiro e que me acompanharam em toda a minha carreira”, declarou Cássio.

Ao analisar os motivos que o levaram ao Cruzeiro, Cássio destacou a qualidade do elenco e a ambição do clube em retornar à elite do futebol brasileiro.

“Percebi que meu ciclo no Corinthians havia se encerrado. Ao analisar o Cruzeiro, vejo a presença de jovens talentos como Pedro, Pelaipe e a experiência de Mattos e Edu Dracena, com quem já tive a oportunidade de ser campeão. São pessoas comprometidas em recolocar o Cruzeiro no caminho das glórias”, enfatizou o goleiro.

Cássio se mostrou confiante e motivado para contribuir com o sucesso do Cruzeiro e buscar títulos na temporada.

“Minha meta é ajudar o Cruzeiro a trilhar esse caminho de conquistas e vitórias. Acredito que, com a união de todos, podemos alcançar grandes feitos”, finalizou o novo camisa 1 da Raposa.

Destaques da fala de Cássio:

Fim de ciclo no Corinthians: “A decisão de ver que o meu ciclo no Corinthians tinha acabado não foi só minha.”
Motivação para jogar no Cruzeiro: “Pessoas comprometidas a trazer o Cruzeiro novamente em busca de títulos. Minha meta é ajudar a levar o Cruzeiro por esse caminho.”
Ambição por títulos: “Acredito que, com a união de todos, podemos alcançar grandes feitos.”
A repercussão da fala de Cássio:

As declarações de Cássio repercutiram na imprensa esportiva brasileira. Muitos veículos de comunicação destacaram a sinceridade do jogador ao admitir o fim de seu ciclo no Corinthians e a sua empolgação com o novo desafio no Cruzeiro. A torcida celeste também se mostrou animada com a chegada do experiente goleiro e espera que ele seja peça fundamental na reconstrução do clube.

Cássio se despede do Corinthians com a sensação de dever cumprido e inicia uma nova etapa em sua carreira no Cruzeiro, buscando recolocar o clube na rota de títulos e glórias. A sua experiência, liderança e talento serão fundamentais para o sucesso da Raposa na temporada.

Leia também: Ronaldinho Gaúcho brilha em Futebol Solidário para o Rio Grande do Sul: “Dia inesquecível!”

Continue lendo

Mercado da bola

Negociação de Estêvão com o Chelsea esquenta: proposta milionária e possível permanência no Verdão para o Mundial de 2025

Publicado

em

Por

Negociação de Estêvão com o Chelsea esquenta: proposta milionária e possível permanência no Verdão para o Mundial de 2025

Palmeiras – O futuro de Estêvão no Palmeiras caminha para uma definição nos próximos dias. O Chelsea, principal interessado no jovem talento de 17 anos, sinalizou estar disposto a aumentar sua oferta para R$ 360 milhões (65 milhões de euros) para garantir a contratação do meia-atacante.

A proposta inicial dos Blues era de R$ 333 milhões (60 milhões de euros), mas não agradou o Verdão, que considerou as metas para ativação dos bônus muito difíceis de alcançar. Diante disso, o Chelsea voltou à mesa com um valor mais alto, abrindo caminho para o avanço das negociações nesta semana.

Multa rescisória e divisão dos direitos:

Vale lembrar que a multa rescisória de Estêvão é de R$ 246 milhões (45 milhões de euros), mas o assédio de outros clubes indica que esse valor será superado. O Verdão detém 70% dos direitos econômicos do jogador, enquanto os 30% restantes pertencem ao atleta. Ou seja, se a proposta de R$ 360 milhões for confirmada, o Palmeiras receberá cerca de R$ 252 milhões pela transferência.

Possibilidade de Estêvão permanecer no Palmeiras para o Mundial de 2025:

Há ainda a possibilidade de Estêvão permanecer no Palmeiras até abril de 2025, quando completa 18 anos, para disputar o Mundial de Clubes. Essa alternativa está sendo discutida entre as partes e pode ser um fator decisivo para o fechamento do negócio.

Leia também: Dorival Júnior convoca quatro jogadores para Copa América e amistosos

Continue lendo

Mercado da bola

Dadá Maravilha: 78 anos de um ícone do futebol brasileiro

Publicado

em

Por

Dadá Maravilha: 78 anos de um ícone do futebol brasileiro

O ex-atacante Dario José dos Santos, mais conhecido como Dadá Maravilha, completa 78 anos nesta segunda-feira (4). Um dos grandes nomes da história do Atlético-MG e da Seleção Brasileira, Dadá é um jogador que esbanja carisma e personalidade.

Um campeão mundial em 1970:Com apenas 24 anos, Dadá fez parte da lendária Seleção Brasileira que conquistou o tricampeonato mundial no México em 1970. Em 12 jogos com a Amarelinha, marcou dois gols e contribuiu para a campanha vitoriosa. Além da Copa do Mundo, Dadá também venceu a Taça Independência em 1972 com a Seleção.

Um atacante implacável:

Nascido no Rio de Janeiro em 1946, Dadá Maravilha era um atacante dominante na área e tinha uma impressionante capacidade de marcar gols. Apelidado de “Peito de Aço” e “Beija-Flor”, ele era conhecido por sua irreverência e frases marcantes, como “não existe gol feio, feio é não fazer gol”.

O clube onde Dadá mais brilhou foi o Atlético Mineiro. Em três passagens pelo Galo, ele marcou 211 gols e conquistou títulos importantes, como o Campeonato Brasileiro de 1971 e os Campeonatos Mineiros de 1970 e 1978.

Uma carreira vitoriosa:

Além do Atlético-MG, Dadá Maravilha também defendeu grandes clubes como Flamengo, Sport, Internacional, Ponte Preta, Paysandu, Náutico, Santa Cruz, Bahia, Goiás, América-MG, Nacional-AM, Rio Negro-AM, XV de Piracicaba e União de Rondonópolis. Em sua vitoriosa carreira, ele conquistou diversos títulos, incluindo os Campeonatos Carioca (1974), Pernambucano (1975), Gaúcho (1976) e Baiano (1981 e 1982).

Um legado de alegria e irreverência:

Dadá Maravilha é um dos personagens mais marcantes da história do futebol brasileiro. Sua irreverência, carisma e talento o transformaram em um ídolo para milhões de fãs. Aos 78 anos, ele continua a ser uma referência para o esporte e um exemplo de vitalidade e alegria.

Continue lendo
Publicidade

Mais acessados